Brasilidade e sentimento: conheça a coleção Bailarinas de Portinari

Brasilidade e sentimento. Essas são as principais características expressas nas obras de Candido Portinari, considerado um dos maiores artistas plásticos brasileiros. E agora, é possível levar para dentro de casa um pouco das cores e emoções proporcionadas por suas telas. A Cerâmica Portinari, inspirada nas obras Bailarinas de Carajás, lança a coleção Bailarinas de Portinari, com peças em formato triangular, que contam com seis cores, dois desenhos e uma textura. Elas foram desenvolvidas em parceria com João Candido Portinari, filho único do pintor.

“Esperei muito por este momento em que fosse usada a obra [de Portinari] como inspiração para projetos. Eu vejo que isso está acontecendo de uma forma linda. É uma coisa meio mística. Eu tive uma formação muito racional, de ciência, de tecnologia, mas hoje em dia eu acredito muito que as coisas não acontecem por acaso”, destaca João Candido, sobre o lançamento da nova coleção.

“Esperei muito por este momento em que fosse usada a obra [de Portinari] como inspiração para projetos. Eu vejo que isso está acontecendo de uma forma linda. É uma coisa meio mística. Eu tive uma formação muito racional, de ciência, de tecnologia, mas hoje em dia eu acredito muito que as coisas não acontecem por acaso”, destaca João Candido, sobre o lançamento da nova coleção.

Coleção Bailarinas de Portinari retrata o apego do artista com a sua terra

Para o filho de Candido Portinari, a escolha pelos quadros das bailarinas foi ótima, pois eles retratam bem o orgulho de Portinari pelas raízes indígenas do país. Além disso, as obras conseguem mostrar toda a diversidade de cores — e suas variações, afinal, cada pincelada de tinta possui uma coloração diferente quando aplicada na tela —, que sempre esteve presente nos trabalhos do artista. O formato triangular, inclusive, é o mesmo utilizado para desenhar as bailarinas nos quadros.

A definição pelo formato triangular também está ligada aos anseios do pintor de espalhar a arte por todos os lugares. João Candido acredita que os triângulos equiláteros e sua diversidade de cores serão um chamado aos clientes para se expressarem, pois permitem que eles usem a própria criatividade para criar espaços únicos em chão e paredes, dando continuidade à obra de seu pai dentro de suas próprias casas.

Um bom exemplo é a escolha pelos desenhos. Com a junção de seis peças desenhadas é possível reproduzir a primeira obra de Candido Portinari: a estrela que, por muitos anos, esteve presente no teto da capela de Santo Antônio, na cidade de Brodowski (SP), onde o artista nasceu.

A relação da Portinari com o artista

Esta é a primeira vez que a Cerâmica Portinari lança uma coleção que faz referência ao artista que dá nome à sua marca. A aproximação com João Candido começou há algum tempo e, durante as conversas, surgiu a ideia de fazer essa coleção. Foram alguns meses de muita pesquisa que resultaram em um trabalho riquíssimo para todo mundo, em especial os clientes, que poderão contar com peças que já vêm carregadas de uma grande história.

João Candido diz que, desde o início dos trabalhos, está se sentindo muito emocionado: “Tenho a sensação de estar vivendo um momento mágico, em que as ações vão surgindo, se encaixando e conduzindo por um caminho como se fosse iniciativa própria, mas que é algo superior”. Ele conta que é um sentimento de grande alegria ver uma coleção inspirada nas obras de seu pai, pois ele sentia falta de ter uma referência à obra de um artista tão importante.

“O que me deixa mais feliz ainda é o fato de eu poder participar do processo criativo desta coleção. Tive a honra de poder opinar”, destaca João Candido.

O lançamento oficial da coleção Bailarinas de Portinari ocorre na Expo Revestir 2018, que acontece de 13 a 16 de março, no Transamérica Expo Center, em São Paulo (SP).

Deixe seu comentário

Este campo é obrigatório

Este campo é obrigatório

O endereço de e-mail é inválido