Portinari reafirma sua ligação com a arte na Expo Revestir 2018

As novidades que a Portinari apresenta na Expo Revestir 2018, que ocorre de 13 a 16 de março, no Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP), vão muito além dos lançamentos das novas coleções. O evento marca um novo momento para a marca Portinari – Ambientes com Emoção, mostrando que a arte, que sempre fez parte do DNA da empresa, ganhou ainda mais espaço, englobando as manifestações artísticas do dia a dia.

O objetivo é que as pessoas entendam que a arte do cotidiano faz parte de momentos essenciais da vida de cada um e que eles são únicos e subjetivos. Com essa inspiração, a Portinari montou na Expo Revestir deste ano, uma galeria de arte para a exposição Impressões da vida. Expressões de arte.

Nela, quatro artistas inspiradores vão contar qual é a arte que faz parte do dia a dia deles, compartilhando quais são os momentos de sua rotina que são essenciais para que se sintam bem. Para isso, a galeria é composta por quatro espaços diferentes, onde os visitantes poderão assistir aos vídeos com essas histórias. São eles:

  • Espaço da Bailarina, com o depoimento de Cecília Kerche – primeira bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro;
  • Espaço do Escritor, com o depoimento de Marco Lucchesi – presidente da Academia Brasileira de Letras;
  • Espaço da Pianista, com o depoimento de Rosana Lanzelotte – uma das maiores pianistas e cravistas do Brasil;
  • Espaço do Pintor, com o depoimento de João Candido Portinari – filho único de Candido Portinari e diretor-geral do Projeto Portinari.

A intenção é sensibilizar o olhar dos visitantes por meio da exposição dos produtos Portinari e dos depoimentos de artistas inspiradores. Assim, a Portinari segue com seu objetivo de mostrar que um ambiente precisa refletir a emoção das pessoas que convivem ali, expressando o que é importante para cada uma delas. O projeto e o conceito do estande foram elaborados pelo escritório de arquitetura emocional Juliana Medeiros.

Conheça um pouco dos artistas que nos inspiram

Cecília Kerche

Cecília Kerche se tornou a primeira bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro em 1985, aos 25 anos. Embaixatriz da dança, título concedido pelo Conselho Brasileiro da Dança, órgão vinculado à Unesco, ao longo da carreira dançou com nomes como o norte-americano Fernando Bujones, o argentino Julio Bocca e o russo Igor Zelensky. Fez turnês ao redor mundo, foi de Buenos Aires a Moscou, passando pelos Estados Unidos e por toda a Europa, chegando até a Austrália. Teve como orientadores professores renomados como Vera Mayer, Halina Bienarcka e o maestro de balé Pedro Kraszcuzuk. Estrelou obras assinadas por grandes nomes da dança mundial, como Natalia Makarova, Vladmir Vassiliev, Peter Wright e Olga Evreinoff. É considerada a melhor intérprete do século 20 do papel principal de O Lago dos Cisnes. Assista ao vídeo e veja uma apresentação de Cecília no Festival de Dança de Joinville, em 2007:

Marco Lucchesi

Marco Lucchesi é um premiado poeta, escritor, romancista, ensaísta e tradutor brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras, da Academia de Ciências de Lisboa, do Pen Club do Brasil e da Accademia Lucchese delle Scienze, Lettere e Arti. É professor de Literatura Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro, pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e professor visitante de diversas universidades da Europa, Ásia e América Latina. Foi eleito, em 7 de dezembro de 2017, para exercício em 2018, o mais jovem presidente da Academia Brasileira de Letras dos últimos 70 anos. Entre suas obras, podemos destacar Teatro alquímico (1999), A memória de Ulisses (2006), Meridiano celeste & bestiário (2006), Ficções de um gabinete ocidental (2009) e O dom do crime (2010). Também recebeu diversos prêmios, como o Prêmio Alceu Amoroso Lima, pelo conjunto da obra poética (2008); o prêmio Marin Sorescu, na Romênia (2006); e o Prêmio do Ministero dei Beni Cultarali, da Itália. Além disso, obteve três vezes o Prêmio Jabuti e recebeu o título de Doutor Honoris Causa na Universidade de Tibiscus (Romênia, 2016).

Rosana Lanzelotte

Rosana de Saldanha da Gama Lanzelotte é bacharel em piano pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, doutora em Informática pela PUC-Rio, com pós-doutorado no Institut National de Recherche en Informatique et en Automatique, na França. Foi professora na PUC-Rio e UniRio entre 1986 e 2009, onde liderou pesquisas na área de Recuperação de Informações Musicais. Além disso, orientou diversos trabalhos e publicou artigos nos principais periódicos e conferências da área de banco de dados e música. Considerada uma das principais cravistas do Brasil, foi premiada em 2002 pelo Conselho Estadual de Cultura do Rio de Janeiro com o Golfinho de Ouro, em reconhecimento pelos seus esforços em prol da divulgação da cultura. Também recebeu, do governo francês, a comenda Chevalier da Ordem das Artes e Letras, em 2006. Idealizou e coordena o projeto Musica Brasilis, no qual são pesquisadas metodologias para disponibilizar recursos musicais brasileiros via web.

João Candido Portinari

João Candido Portinari é um professor e escritor brasileiro. É matemático com doutorado em Engenharia de Telecomunicações e cofundador do Departamento de Matemática da PUC-Rio. Único filho de Candido Portinari, fundou, em 1979, após 13 anos de atividades de pesquisa, ensino e administração desenvolvidas em tempo integral no Departamento de Matemática da PUC-Rio, o Projeto Portinari, do qual é diretor-geral. Trata-se de um trabalho universitário de equipe multidisciplinar empenhado no levantamento, catalogação, pesquisa e disponibilização de um vasto acervo documental sobre a obra, vida e época do pintor Candido Portinari (1903-1962).

Um espaço interativo para expor a sua arte na Expo Revestir 2018

Além dos artistas da exposição, os visitantes também estão convidados a expressarem suas inspirações dos momentos essenciais dos seus dias. Em um iPad, eles poderão escrever ou desenhar mensagens que ficarão registradas e serão reproduzidas na fachada do estande ao longo da feira. A ideia é que os convidados interajam e deem vida ao espaço junto com a Portinari. “O convite é para as pessoas expressarem suas impressões de vida através de desenho ou escrita, que serão reproduzidos na fachada do estande”, destaca a arquiteta emocional Juliana Medeiros, que trabalhou junto com a equipe de arquitetos da Portinari no conceito do estande.

Peças assinadas por grandes designers também estão no estande da Portinari

Além dos vídeos com os depoimentos dos artistas que nos inspiram, a nossa galeria de arte terá uma decoração especial com peças assinadas por grandes designers. Confira algumas delas:

 

 

E continue acompanhando nosso blog! Compartilharemos por aqui, ao longo da semana, mais novidades da Portinari na Expo Revestir 2018.

Deixe seu comentário

Este campo é obrigatório

Este campo é obrigatório

O endereço de e-mail é inválido