Quais sensações as cores despertam? Entenda e escolha a sua favorita

Todo mundo sabe que as cores são capazes de influenciar nossas emoções de maneiras diferentes. Estudos de psicologia comprovam esta tese e demonstram que o nosso cérebro identifica e transforma cada tonalidade numa sensação. Segurança, tranquilidade, conforto… E é possível potencializar estes e tantos outros sentimentos na decoração. Tem cor que até abre o apetite! Se você está construindo ou reformando sua casa, vale a pena conhecer melhor a psicologia das cores para criar o seu espaço ideal. A gente descobriu dados incríveis em pesquisas sobre o tema. Confira!

A psicologia das cores é um estudo que ocupa a mente de psicólogos e cientistas há mais de quatro séculos. Em 1666, Isaac Newton descobriu que a luz branca, ao passar por um prisma, separava-se em diversas cores. Um pouco mais tarde, foi revelada a possibilidade de misturar as pigmentações para obter diferentes tonalidades. E assim foi crescendo o número de pesquisas nesta área.

Hoje, está comprovado que as cores exercem forte influência nos aspectos físico, mental e emocional das pessoas. Embora cada um responda de um jeito particular às tonalidades que enxergamos, alguns sentimentos podem ser gerados da mesma forma em todos nós pelas mesmas cores. Por isso este assunto é levado tão a sério em segmentos como publicidade, marketing, moda, cosméticos, arquitetura e decoração. Cada tom dita uma tendência, um comportamento.

A Cerâmica Portinari também valoriza o potencial distinto de cada cor no desenvolvimento de seus produtos. Se você está construindo ou reformando, já deve ter reparado na variedade de cores dos revestimentos de piso ou de parede que temos a oferecer. As peças decorativas, em tamanhos menores, seguem o mesmo conceito. Algumas das coleções dispõem de revestimentos em tons vibrantes, como vermelho ou amarelo. Agora, qual escolher? Como saber que cor combina melhor com o seu espaço e estilo? Confira o resumo que preparamos dos tons mais usados na decoração:

Verde

O verde está relacionado a frescor, esperança e segurança. Sugere calma e alivia o estresse. No piso e em detalhes, remete à natureza. Em ambientes externos, complementa o visual da madeira e das plantas. É considerada uma cor curativa e está no ponto de equilíbrio entre o frio e o calor, de acordo com a tonalidade. Se for mais amarelado, passa a sensação de movimento, atividade. Se for mais azulado, ativa a serenidade. No universo corporativo, esta cor tem um importante papel: ela reforça a ideia de ponderação e coerência.

Azul

O azul representa suavidade, tranquilidade e calma. É também associado à limpeza e frescor, principalmente se for combinado a elementos em branco. Esta cor é indicada para quartos de dormir, especialmente de bebês. Numa tonalidade mais leve, pode ser aplicada em grandes espaços, sem se tornar cansativa. Os tons escuros são mais indicados para detalhes e acessórios na decoração e conferem um toque de requinte aos ambientes. É uma cor bastante empregada em espaços corporativos, pois o azul cria senso de segurança e promove a confiança da marca. Também diminui o apetite e estimula produtividade!

Amarelo

Considerada a mais luminosa das cores, o amarelo é um tom feliz e acolhedor que remete a otimismo e criatividade. É o tom ideal para incentivar o bem-estar, a capacidade de realização e a autoconfiança. Também tem o poder de estimular o apetite! O amarelo é indicado para sala de jantar, cozinha e, em tonalidades mais leves, para a sala de estar e o quarto de brinquedos. Pode ser usado ainda para esquentar e iluminar áreas escuras e frias. No ambiente corporativo esta cor também é muito bem-vinda. Além de passar a mensagem de transparência nas negociações, ajuda a concentrar a atenção e aguçar o raciocínio.

Vermelho

O vermelho é uma cor quente e estimulante que induz à atividade, dinamismo, força. É um tom vibrante, por isso, é usado geralmente em detalhes ou apenas em parte de um ambiente maior. Esta cor confere aos espaços um ar de glamour e exotismo. As tonalidades mais escuras sugerem requinte, já as mais claras remetem à sensualidade. A recomendação é usar o vermelho como acessório na decoração ou em pequenas áreas, como num corredor, por exemplo.

Lilás/Roxo

O lilás está relacionado à intuição, espiritualidade e misticismo. É a cor da fantasia. Ela remete ao pensamento abstrato, ao mistério, transmite calma e sensatez. Tons mais claros são extremamente reconfortantes e podem ser usados em todos os ambientes. A dica é evitar a predominância do lilás, utilizando esta cor nos detalhes. A tonalidade roxa, um pouco mais forte e saturada, é associada à nobreza, sucesso e riqueza e também transmite a sensação de prosperidade.

Marrom

É a referência da terra, do barro. O marrom conecta as pessoas diretamente ao que é natural, rústico e artesanal. Representa a disciplina e a uniformidade e remete ao conforto, simplicidade e segurança. É uma das cores mais utilizadas no setor moveleiro e cerâmico. Além de ser elegante e quente, combina de forma harmoniosa com as mais diferentes tonalidades. É uma cor curinga. Em tonalidades mais escuras, torna-se neutra como o preto. O marrom também é bastante usado em ambientes corporativos, nos quais estimula a concentração e a organização e confere credibilidade.

Preto

O preto é considerado a mais poderosa das cores. É o tom do moderno e do contemporâneo, muitas vezes associado a ambientes sóbrios e masculinos. Remete à força, elegância, luxo e sofisticação. É também uma cor extremamente versátil, por conta da sua neutralidade. Pode ser combinada a várias tonalidades, criando um universo de diferentes simbologias. Juntamente com o branco, por exemplo, cria um visual minimalista muito presente no design de interiores.

Cinza

É a cor mais democrática. Discreto e clássico, o cinza é altamente confiável na decoração. Permite que outras cores e elementos se destaquem no conjunto e é a escolha ideal para balancear a combinação de diferentes tonalidades. É uma cor frequentemente ligada também à tecnologia e à inovação. Desde os tons mais leves aos mais acentuados, o cinza harmoniza perfeitamente com propostas visuais conservadoras ou arrojadas. Este tom é bastante utilizado ainda em ambientes corporativos por ser associado a profissionalismo, responsabilidade e conhecimento.

Branco

O branco é a melhor representação da neutralidade. Transmite frescor, amplitude, calma e serenidade. Quando usado apenas nos detalhes, confere simplicidade e leveza aos ambientes. Já em espaços amplos, como cor predominante, o branco é sinônimo de sofisticação e elegância. Por ser uma das cores mais neutras, pode ser usado em combinações com outras tonalidades, criando efeitos de contraste despojados e criativos. No ambiente corporativo o branco também fica muito bem. Ele é associado ao pensamento lógico e à competência comunicativa.

E então, quais cores você vai escolher para o seu projeto? Conte pra gente nos comentários!

Deixe seu comentário

Este campo é obrigatório

Este campo é obrigatório

O endereço de e-mail é inválido