Portinari marca presença em 18 ambientes, sendo um da marca, na Casacor SP

Os profissionais selecionaram diferentes revestimentos para os projetos da maior mostra de arquitetura da América Latina

A Portinari mais uma vez marca presença na Casacor SP. Em sua 34ª edição, a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas conta com 18 ambientes com revestimentos da marca escolhidos pelos arquitetos. Um desses espaços é o ambiente da marca “Aconchegos Portinari”, com o projeto criado pela Très arquitetura que explorou a sensibilidade e versatilidade dos porcelanatos da marca. O evento deve reunir os mais importantes nomes do setor, entre o dia 20 de setembro e 15 de novembro, no Allianz Parque.

Com coleções inspiradoras, a Portinari integra projetos que aliam sensibilidade e contemporaneidade. Destaque também para a criatividade, versatilidade e praticidade dos porcelanatos aplicados de formas inusitadas. Saiba mais sobre os ambientes abaixo:

Aconchegos Portinari – projeto Très Arquitetura

O espaço da Portinari é assinado pela Très Arquitetura. O projeto com mais de 200 m² tem ambientes neutros e fluidos, tendo como conceito principal o aconchego. Com a premissa de ressignificar o morar, proporcionando leveza, aliados ao olhar Portinari que transcende arte e poesia, a generosa casa une conforto e versatilidade e se divide entre living, cozinha, sala de jantar, suíte máster com home office e área de banho. Com o objetivo de cultivar um espaço para que o ser humano possa elevar os atos triviais do cotidiano, o ambiente promete encantar os visitantes.

Leo Romano

Em tempo de retomada de novo fôlego na casa, lugar de alento e proteção, o arquiteto busca um espaço de respiro, calmaria e suavidade. Em quase 400 m², o ambiente patrocinado pela Deca traz louças e metais de forma inspiradora, estimulando uma experiência sensorial, de poesia e criação.

Tufi Mousse

Com inspiração no movimento minimalista, o arquiteto, conhecido por sua jornada vanguardista, apresenta o projeto Terraço Badebec, um restaurante de 366 m², ao ar livre. O nome ‘terraço’ fala sobre o objetivo do ambiente: ser um local arejado, fresco e agradável. Levando em consideração as novas necessidades da sociedade, o espaço traz abertura e ventilação, com um desenho que lembra uma tenda. Pórticos e pergolados de estrutura metálica, geram uma nova geometria, contornada por vegetação e porcelanatos Portinari revestem piso e paredes garantindo o toque de sofisticação.

Mauro Contesini

Inspirado na potência das memórias, o arquiteto traz em todo o ambiente uma vegetação que lembra as casas das avós. Da iluminação inspirada no pôr-do-sol vem o clima acolhedor. Os revestimentos Portinari garantem o clima de aconchego e, para finalizar, na parede lateral, uma obra da artista plástica Cris Chekerdimian, que representa uma paisagem de outono inspirada nos galhos das cerejeiras. Na entrada e saída do ambiente, as esculturas da artista e pintora Sônia Menna Barreto, cedidas pela Galeria Dila Oliveira fecham a atmosfera artística do projeto.

Érica Salguero

As mudanças pós-pandemia e o deus grego do tempo oportuno, Kairós, são a grande inspiração da arquiteta na suíte master com sala de banho e home office, de 68 m². Na contramão do agito urbano, ela apresenta um ambiente que privilegia os sentidos, o bem-estar, as referências afetivas, a gratidão e o resgate da qualidade de vida. Madeira e palha naturais, além da paleta de cores suaves, estão entre os destaques. No banheiro, o piso em porcelanato e a bancada em pedra ajudam a destacar a imponente banheira de imersão.

Fabio Galeazzo

O arquiteto se inspirou na simplicidade do design mediterrâneo com suas formas puras e orgânicas. O destaque é o expositor central de granito rústico, vindo de Minas Gerais e pesando aproximadamente uma tonelada, esculpido por artesãos-canteiros. Estruturas de andaimes de obra civil e madeira de demolição foram adaptados para serem usados como prateleiras e porcelanatos revestem piso e paredes.

Luciano Zanardo

O projeto desenvolvido pelo paisagista incorpora arte e vegetação. Distribuídas em quadrantes na área principal, 15 patas-de-elefante dividem o espaço com obras de artistas renomados que marcam presença de forma rotativa. Um grande corredor traz a naturalidade das peças inspiradas em pedras Scultore Decor.

Patrícia Hagobian

Este ambiente tem referência na mitologia grega e Zéfiro, o deus do vento oeste, conhecido por ser violento e impetuoso. Para conquistar o coração de sua amada Clóris, deusa da primavera, precisou controlar a sua força, transformando-se em brisa suave. Distribuídos em 140m², os ambientes foram separados em blocos, com amplas janelas e rasgos próximos ao teto, que garantem a luz natural e a ventilação do espaço. Móveis assinados complementam o décor elegante. Os metais e louças são da Deca, assinados por Jader Almeida, e o porcelanato é Portinari.

Pedro de Marqui

O estúdio de 60 m², com living e uma suíte master, marca a estreia do arquiteto na mostra paulistana, que se afastou das tendências para manter a liberdade criativa, apegando-se ao emocional, lúdico e extravagante. Além do porcelanato, mármore brasileiro, cimento, alumínio, bronze, tecidos de lã e veludo e detalhes em barro e madeira laminada estão entre suas escolhas.

Arthur Guimarães

Desde os tempos mais remotos, os seres humanos são nômades por natureza. Após esse longo período enclausurados, em profunda reflexão, a busca por esse caráter exploratório é inevitável. O retorno a essência é a inspiração do projeto, o observador se depara com um ambiente amplo, sem divisões, e um pé-direito generoso. Torneiras com acionamento sem toque, favorecem a utilização adequada nesse momento em que vivemos. No mobiliário, itens icônicos como a poltrona Amoebe, desenhada por Verner Panton na década de 70, pontuam de forma sofisticada e recebem os visitantes. Caminhando pela sala de estar, o visitante é acometido por diferentes sensações, fortalecidas por fotografias e obras de arte.

Gabriela Mendes Arquitetura

As possibilidades de perspectivas é a inspiração deste ambiente. A arquiteta busca olhar para a vida e para as situações compreendendo as diferentes possibilidades existentes nela, com fluidez e organicidade, demonstradas pela bancada de granito, painel de marcenaria, paredes com diferentes formatos segmentados, quebradiços e não óbvios. A vida não é uma linha reta, plana. Passamos por diferentes cenários, altos e baixos. Misturado com essa rigidez das linhas retas nós temos as cordas, que são fluidas e leves como a vida deve ser de modo geral, e elas próprias são as protagonistas das perspectivas que tanto queremos mostrar. Piso e parede com porcelanatos Portinari trazem a neutralidade para amarrar o conceito.

Alexandre Squassoni

Uma cozinha abriga afeto. Essa é a ideia do projeto, que resgata memórias, cheiros, conversas, risadas e família. Os objetos fazem referência a importância de preservar memórias afetivas, o que é demonstrado no mobiliário, eletrodomésticos, revestimentos do piso e outros.

Elaine Vilela Interiores

O principal objetivo do escritório é levar a natureza o mais perto possível do ser humano. De forma nada óbvia, os porcelanatos se estendem do chão e criam as floreiras que abrigam as plantas, selecionadas a dedo. Combinação de texturas, cores, formatos e estilos, oferecem ritmo e sombras de folhagens tropicais no estilo KalilFerre.

Studio Roca

Sustentabilidade e reconexão são os pilares do projeto desenvolvido pelos arquitetos Carlos Carvalho, Rodrigo Beze e Caio Carvalho. Os 80 m² do ambiente, que tem o formato em “U” e foi erguido com estrutura metálica desmontável para ser o anexo de uma casa principal, foram pensados para adaptar a casa às mudanças no mundo pós-pandemia. Um lugar para aproveitar a família, preparar a própria refeição e desfrutar o jardim. Como destaque do espaço o móbile do artista e ex-dançarino Thiago Sancho, que ressalta a ideia de leveza.

Larissa Abreu

Simplicidade e sofisticação andam juntas no projeto da arquiteta mineira. Na loja de essências de 55 m², paredes em tons rosés terrosos ressaltam o quartzito nacional verde bambu, aplicado no balcão central do espaço. Elementos rústicos, como as luminárias pendentes de cestarias, são responsáveis pelo clima acolhedor e as cerâmicas Portinari dão toque de suavidade.

Brunete Fraccaroli

Com foco no branco e dourado, o projeto visa transmitir de maneira indireta e sensível as temáticas da atualidade, como a paz, e está ligado à limpeza, uma questão que sempre foi importante na vida de todos, sobretudo na pandemia. Já o dourado remete ao sol que é fonte de saúde e representa o renascimento alcançado com os avanços da vacinação.

Matheus Lima

Em sua primeira participação na mostra, o mais jovem profissional desta edição escolheu para seu projeto peças pontuais com design marcante, como o sofá cor-de-rosa de 4 metros de extensão. A iluminação cênica e o ripado curvo em madeira escura que envolve o espaço reforçam o clima intimista e dramático.

InTown Arquitetura e Construção

Obras artísticas foram o ponto de partida para a elaboração do projeto assinado por Hugo Schwartz e Alexandre Gideon. Para compor o ambiente destacam-se os trabalhos de Thiago Haidar, Manoela Monteiro, Rizza e Susanne Schirato e a curadoria cuidadosa de peças de design nacional. As peças Areias Decor, da coleção Nuances da Natureza assinadas pela arquiteta Juliana Medeiros, também fazem parte do cenário.

Relacionados

Cersaie 2021: passeio pela superfície da casa

por Mariana Prestes, designer A inspiração em elementos da natureza predomina entre os produtos apresentados na Itália ao mundo durante a recente 38ª Cersaie – International Exhibition of Ceramic Tile and Bathroom...

Veja mais +

Alexandre Squassoni explora as lastras na sua primeira participação na Casacor SP

Peças da coleção Recital foram usadas para revestir o piso da cozinha Fotos: Rafael Renzo Dizem que a cozinha é o coração da casa, porque nela a família se reúne, cria memórias...

Veja mais +

Arquiteta aposta na simbologia do branco e do ouro na Casacor SP

Revestimentos Portinari reforçam tom de elegância e sensibilidade ao projeto de Brunete Fraccaroli Inspirada na simbologia do branco e do ouro, a arquiteta Brunete Fraccaroli apostou no significado subjetivo das cores para...

Veja mais +

Comentários

Este campo é obrigatório

Este campo é obrigatório

O endereço de e-mail é inválido