Efeito zigue-zague conquista o décor

Você já deve ter admirado muitas roupas, tecidos e acessórios criados com a padronagem zigue-zague. Se você gosta deste efeito visual, saiba que agora este padrão está ganhando cada vez mais destaque também na decoração. Com um pouco de criatividade e as peças certas é possível compor pisos e paredes extremamente charmosos e marcantes em dois estilos que formam esta padronagem: Chevron e Espinha de Peixe. A Cerâmica Portinari conta com uma variedade de revestimentos cerâmicos e porcelanatos que podem ser utilizados para criar o efeito zigue-zague na sua casa.

A padronagem zigue-zague é bastante versátil na decoração de ambientes. Combina muito bem com projetos modernos e descontraídos, mas também agrega valor às propostas mais tradicionais, conferindo um toque especial de sofisticação aos espaços. É um efeito visual clássico que encontrou uma releitura no século passado e tornou-se uma nova tendência na decoração nos dias de hoje. Um estilo que veio para ficar!

As referências a este efeito visual estão presentes na história. Já em 1800 antes de Cristo as porcelanas gregas, uniformes militares e bandeiras traziam a estampa geométrica do zigue-zague. Aos poucos, a padronagem foi se disseminando entre diferentes culturas.

Séculos mais tarde, na década de 1950, este efeito dominou as passarelas na Itália. “O estilo Chevron foi criado pelo estilista Ottavio Missoni, que revolucionou a moda pelo uso de suas estampas ousadas, facilmente reconhecíveis pela malha colorida em zigue-zague. Um clássico na moda e, hoje, em alta também na decoração”, conta a designer de interiores Tássia Pereira. Nos anos 1990, o atelier Missoni criou uma coleção de tecidos para decoração com esta padronagem. Foi o passo inicial para levar o estilo ao universo da arquitetura.

Com esta trajetória, o zigue-zague marcou a evolução do design e tornou-se um efeito visual bastante valorizado no mundo todo.

Os modelos de aplicação

Além de agregar valor criativo aos ambientes, o zigue-zague desperta os olhares para sua aplicação, composta geralmente por peças em duas cores. É possível dar asas à criatividade para compor o seu padrão. Vale combinar desde o clássico preto e branco até os coloridos exuberantes. Os monocromáticos e tons sobre tons também funcionam super bem nesse estilo.

A tendência é utilizar essa composição em pisos e paredes. Mas é importante você saber que, dentro da padronagem zigue-zague, há dois modelos de aplicação com uma diferença sutil: os estilos Chevron e Espinha de Peixe, como comentamos antes.

O corte do Chevron é angular. Encaixa-se perfeitamente na montagem e as pontas terminam juntas. O piso ou parede Chevron forma um grafismo contínuo do início ao fim, como uma linha que você pode acompanhar visualmente. Já o piso ou parede Espinha de Peixe tem as peças aplicadas uma abaixo da outra, dando a clara alusão ao seu nome, onde as pontas são perpendiculares. Olhando mais de longe, é como se formassem grandes colunas.

Na prática, a diferença fundamental entre esses dois modelos se encontra no alinhamento das peças. Veja as fotos para entender melhor:

Onde colocar?

Agora, você deve estar se perguntando: em qual ambiente os pisos e paredes Chevron ou Espinha de Peixe se encaixam melhor? Boa notícia: a padronagem zigue-zague é um excelente artifício de decoração para todos os ambientes da casa e também de escritórios e espaços comerciais. Pode trazer leveza e praticidade à cozinha, personalidade para o living, estilo e conforto para os quartos, elegância e sobriedade a uma sala de reuniões. Ou ainda repaginar totalmente áreas externas. O Chevron na churrasqueira, por exemplo, cria um cenário especial para os momentos lazer. Tudo depende do seu objetivo. A combinação de cores e tipos de revestimento é que vão dar o tom do seu ambiente.

É importante saber que as peças menores compõem um visual prático e despojado em ambientes úmidos e de maior circulação. Já as peças maiores e com visual mais trabalhado conferem requinte a espaços mais íntimos.

Os revestimentos menores, geralmente, são mais utilizados em paredes, enquanto o formato das réguas maiores cabe muito bem para o piso, como nos exemplos abaixo:

Produtos recomendados

Para obter um bom resultado é importante acertar na escolha das peças. Entre tantas opções disponíveis no mercado, essa tarefa nem sempre é fácil. Então preste atenção que temos uma dica importante.

A arquiteta da Cerâmica Portinari, Francine Nuernberg, explica que os melhores produtos para a composição Chevron são as réguas de porcelanato. “A Cerâmica Portinari possui produtos nos formatos 20 cm x 120 cm, que são as réguas. O uso delas pode ser tanto em linha reta quanto em zigue-zague, formando o Chevron, que fica lindo, marcante e personalizado”, esclarece.

A profissional revela ainda que os tijolinhos, aqueles azulejos de metrô, também são ótimas opções para a criação da padronagem nas paredes. “Os azulejos de metrô, com cores diferenciadas, podem ser misturados e reproduzem os mais variados tipos de materiais, desde madeira até pedras. Sem dúvida: utilizá-los na padronagem zigue-zague deixa o ambiente muito mais atraente visualmente”, explica.

É sucesso na certa! Criatividade, peças certas e cuidado na aplicação vão garantir um ambiente incrível. Confira alguns dos nossos produtos indicados para compor o Chevron ou a Espinha de Peixe com muito estilo e inspire-se:

Deixe seu comentário

Este campo é obrigatório

Este campo é obrigatório

O endereço de e-mail é inválido